Baixar Coinbase - Bitcoin Wallet para PC Grátis (com ...

I received a threatening email demanding me money, from an unknown source

In my gmail account i have received an email demanding me money, over threat of the fact that they allegedly have personal information of me. As a proof, they have one of the passwords i used, which is correct, the type of windows in my computer, and one of my ips which i don't know if it is true or not.
I don't know how could i have gotten such a virus into my computer, as i haven't downloaded any files from sketchy or illegal sites. They mention an xls / docm / docx files, but the only ones that i have downloaded recently of this type, is from the site academia, which i doubt would contain virus, or from my university files.
In the end they demand 456 euros in Bitcoin. I want to know if i should be worried about this, or if it is nothing more than just a bluff to try to trick people.
The full email is this:
Olá,
Primeiro, não leve isso para o lado pessoal, pois é apenas negócios, pura matemática.
Então, para resumir uma longa história, é sobre VOCÊ. Você é um dos muitos, portanto este e-mail é um pouco genérico.Recentemente, você visitou um site ou abriu um documento xls / docm / docx,seu navegador ou suíte de escritório foi explorado e um programa foi carregado no seu sistema.Este programa coletou informações sobre você, como:
uma senha aleatória usada por você:um de seus dispositivos:um dos ips usados ​​por você:... a lista continuaria, mas você entende o que quero dizer.
O total de dados coletados varia de alguns MB a mais de 10 GB.
Coletamos coisas como:- configurações de software, certificados [..]- bancos de dados sql (nós os despejamos caso você tenha clientes importantes)- documentos como .doc, .docm, .docx, .pdf, .xls, [..]- imagens como .jpg, .png e formatos brutos das câmeras [..]- senhas de diferentes fontes (navegadores, clientes de email, software ftp / ssh)- emails enviados / recebidos de suítes de escritório como microsoft office, thunderbird [..]- registros de bate-papo de diferentes programas.- em dispositivos com câmeras (telefone / laptops), tiramos fotos / vídeos curtos quando o usuário entra em alguns sites, assiste a determinado conteúdo de vídeo e / ou em determinados horários do dia em que ele / ela estaria nu [..]
Agora, outras pessoas criptografam os dispositivos do usuário e pedem resgate.
Achamos que, durante esse período, todos deveriam ter acesso aos seus dados, portanto não estamos fazendo isso.
Em vez disso, pedimos que você pague 456 EUR com Bitcoin e todos os dados serão excluídos para sempre automaticamente.
Se você não pagar, os dados serão vendidos para quem quiser comprá-los por qualquer preço.
Sua decisão.
A carteira bitcoin (BTC) é (15PUS1ADxaSoX4dRWxh2vxdybmBNHwmbNc)- Sem parênteses.
Esse ID da carteira é exclusivo para você e verificado a cada hora.
Depois que o dinheiro for recebido, os dados serão excluídos automaticamente.
Tenha um bom dia,Tic Tac
So they have sent another email, and they still only mention that particular password:
rr.costa,
Este é o seu segundo aviso.
São 500 euros a mais para ti?
Isto é o que acontece quando as pessoas não pagam:
Os dados a seguir foram vendidos por alguns euros cada para pessoas que enviarão spam a todos os seus contatos, usarão os dados bancários, usarão os dados de faturamento, usarão o perfil do Facebook (a maioria de vocês tem a mesma senha no Facebook). Você pode alterar uma senha, mas temos todas elas. Todos os contatos foram baixados e armazenados, todos os dados estão prontos para venda.
(Here they have a bunch of emails, with passwords, and the particular bank where these people supposedly have their account)
E o seu [email protected] Sinha: 70850969.
Você tem 24 horas para pagar. 500 EUR.
A carteira bitcoin (BTC) é (15PUS1ADxaSoX4dRWxh2vxdybmBNHwmbNc)- Sem parênteses.
Tic Tac
submitted by jonholiver to techsupport [link] [comments]

How to buy Ripple with Coinbase & Shapeshift (Feedback welcome)

I had some real issues using the big exchanges to purchase XRP. After a few days of research I finally put a tidy sum in a paper wallet to forget about for a while.
My friend asked me a for a How To, and this is what I sent him. Thought I would post here as it would've been useful to me. Would welcome feedback and any contributions to make it better.
Step 1. Open a Coinbase Account (boo!) and buy some Bitcoin
Step 2. Get a XRP Cold Storage Wallet
Firstly - you need an address / cold storage wallet to store your XRP On laptop/ipad use an incognito type web browser to head to this website: https://ripplewallet.pro/ Once there put your device in airplane mode and turn off any wifi connection. Scroll down on the page and hit "Generate New" a whole bunch of times. Write down the Ripple Address and Secret key PERFECTLY on paper (you don't need the QR Codes). I mean it. Check it twice and then check it again. Read the one on the screen it out loud to someone else who can check it against the paper for you. Don't fuck this up. Hit generate a few more times just to be safe and then delete your browsing history if you didn't do this in an incognito browser. Close the browser and then feel free to flip your wifi back on.
Step 3. Create a watch-only XRP wallet on your device
Next you need a wallet application on a laptop so you can view the balance of the paper wallet you created above. Download this: https://rippex.net/carteira-ripple.php#/ Install it on your laptop and open it up. Click the second tab "Read Only Mode" Type in your Ripple Address (not the secret key!) and then hit Open Account. Now if you pay in anything to this wallet you can see the balance in here! Your laptop also can't hack into the account because you didn't type in your secret key! Good times! Security Check - take a moment to make damn sure that the ripple address in the top right corner of the app is exactly the same as the one you wrote down. Copy and paste it into a notepad on your laptop. Label it RIPPLE ADDRESS just so you don't make any other mistakes later.
Step 4. Buying Ripple - Direct from Coinbase (hmmmmm...)
Note: You might want to test this with a small amount of bitcoin first (£10 worth) to make sure it works. You will see why in a minute. It'll double your fees but, safety first!
Open Coinbase in a browser tab First, go to Tools > Addresses. Make sure BTC Wallet is Selected in the drop down menu and then one of the Addresses into your notepad. Label it BITCOIN REFUND ADDRESS. Next, go to Accounts > Bitcoin Wallet and click Send to bring up the dialogue box.
In a NEW TAB go to Shapeshift.io Deposit: BITCOIN! Receive: RIPPLE! On this page there are usually warnings about slow network traffic. As far as I can tell, this shouldn't matter, but it is worth noting. Type in 25 Ripple (the minimum you can have in a wallet is 20) and it will generate the Bitcoin cost. Select 'Precise' and 'Continue'
From Notepad copy your RIPPLE ADDRESS into the 'Your Ripple Address' box. Copy your BITCOIN REFUND ADDRESS into 'Your Bitcoin Refund Address' box. Ignore the 'Destination Tag' box.
Agree to Terms and...
[As soon as you click Start Transaction you will have only 5 minutes to send the Bitcoin it asks for to the address it provides. As far as I can tell it is very quick at telling when you've sent it, but it still makes me nervous. I have done it with Coinbase before and the transaction has timed out, but my Bitcoin has still been sent into the ether and lost. But from what I can tell this is rare/impossible.]
Start Transaction
It will say "Please send XXX Bitcoin to this address: xxxxxxxxxxxxxxx" Copy the address, and BTC amount into the Coinbase send dialogue. Double check the address and amount is right!! Hit Send. Back in Shapeshift, after a few seconds you should get a green tick next to 'Pending Confirmations' and the timer should vanish. Next, Awaiting Exchange will flash for minutes... maybe hours... Now is the time to go make a cup of tea and watch a couple of episodes of Ozark. Better not to worry about it until...
Eventually everything will be confirmed! The BTC will have left your account. Everything will be green in Shapeshift and your XRP will show up on your watching-only Ripple Wallet. I copy the urls for each Shapeshift transaction page into a spreadsheet so I can go back and check any transaction details if I need to
That's it. Then you can close everything and know you have a sweet pot of XRP magic waiting to explode all over your bank accounts.
Just DO NOT FUCKING LOSE that piece of paper with your secret key on it. Maybe worth typing the codes (unlabelled) into notepad, printing them off 3 times, laminating them and giving one to your mum to look after.
Edit: Corrected steps #s
submitted by erebus66 to Ripple [link] [comments]

CRS (CriptoReal) Criptomoeda de origem Brasileira

CriptoReal é uma criptomoeda baseada no Bitcoin, com pequenas alterações no código que a torna altamente qualificada perante outras no mercado, o que facilita sua adoção no Brasil e no resto do mundo consequentemente.
O objetivo principal da moeda é facilitar a vida de quem realiza pagamentos, sejam eles em lojas físicas ou e-commerces, de forma rápida de modo a a facilitar o recebimento com uma velocidade maior que a do próprio Bitcoin, e com taxas de transações quase nulas que não prejudicam quem faz o uso a CriptoReal (CRS).
Apesar de ser uma moeda nova, já está sendo altamente conquistada por seus seguidores em torno mundo principalmente o Brasil. a equipe de desenvolvedores Brasileira está trabalhando constantemente para dar andamento em atualizações, para atingir objetivos conforme prescrito no Roadmap e também tirar todas as dúvidas de toda comunidade, seja no telegram, facebook ou no Discord.
É uma moeda muito promissora que vale a pena ter, os Devs devem adicionar Masternodes como descrito no RoadMap. na minha opinião, será um marco na revolução criptomoedas envolvendo o Brasil e espero que o maior número possível de pessoas esteja envolvido nela.
O CriptoReal (CRS) é uma moeda de mineração por sistema CPU e GPU. A quantidade total de CRS emitidos será de aproximadamente 203 milhões de unidades, igual a população brasileira no final de 2013.
Pessoal, isso é CriptoReal, está em processo de adotar a comunidade, Airdrops, Bountys e Faucets para toda a comunidade que acompanha, seja no Twitter, no telegram, na discórdia ou no facebook.
Website: https://criptoreal.org/
Anúncio: https://bitcointalk.org/index.php?topic=2747892.0 - PORTUGUÊS https://bitcointalk.org/index.php?topic=2747895.0 - ENGLISH https://bitcointalk.org/index.php?topic= 2785097.new # new ROMANIAN https://bitcointalk.org/index.php?topic=2785218.new#new ESPANHOL https://bitcointalk.org/index.php?topic=2785166.0 ITALIANO
Explorer: https://explorer.criptoreal.org/
Bate-papo: https://discord.gg/SUHcbyv
Bate-papo: https://t.me/criptoreal
Código fonte: https://github.com/CriptoReal/criptoreal
Mídia social :
Keybase: https://keybase.io/criptoreal Twitter: https://twitter.com/criptoreal Facebook: https://www.facebook.com/CriptoReal/ Medium: https://medium.com/@criptoreal Instagram: https://www.instagram.com/criptoreal/
Carteiras: Win64: https://github.com/CriptoReal/criptoreal/releases/download/v0.14.2/Criptoreal-Win64.zip Win32: https://github.com/CriptoReal/criptoreal/releases/download/v0.14.2 /Criptoreal-Win32.zip Linux: https://github.com/CriptoReal/criptoreal/releases/download/v0.14.2/Criptoreal-Linux.zip
Aspectos tecnicos
Símbolo: Emissão CRS : ~ 203milhões Premine: 2,4% Gênesis: 01/01/2018 - Números Megasena do Ano Novo. Halving: 825000 blocos (~ 38 meses) Blocos: 2 minutos Algoritmo: Lyra2REv2 Dificuldade: cada bloco (DGW v3) Endereço Principal: C Endereço Testnet: c Endereço Script: S Portas Principal: 5526 - 5527 Portas testnet: 15526 - 15527 Portas de teste : 25526 - 25527 Blocos Minerados : 15 Fornecimento: https://explorer.criptoreal.org/ext/getmoneysupply
White paper: http://crs.pw/criptoreal-wp-001.pdf
Github: https://github.com/CriptoReal/criptoreal Explorer: https://explorer.criptoreal.org/ Testnet Explorer: http://testexplorer.criptoreal.org/ Carteira: https://wallet.criptoreal.org/
submitted by antonioctj to u/antonioctj [link] [comments]

Como funcionam as transações em Bitcoin

Transações em Bitcoin são enviadas de e para carteiras de bitcoin eletrônicas, e são assinadas digitalmente por segurança. Todos na rede sabem sobre a transação, e o histórico da transação pode ser rastreado até o ponto onde o bitcoin foi produzido. Manter bitcoins é ótimo se você é um especulador esperando pelo aumento do preço, mas o ponto central dessa moeda é gastá-la. Sobre o uso de bitcoins, como essas transações funcionam?
Não existem bitcoins, apenas registros de transações com bitcoins
Aqui está a coisa engraçada a respeito de bitcoins: eles não existem em algum lugar, até mesmo em um disco rígido. Nós falamos sobre alguém ter bitcoins, mas quando olhamos em um endereço bitcoin particular, não existem bitcoins digitais mantidos nele, da mesma forma que você poderia manter libras ou dólares em uma conta no banco. Você não pode apontar para um objeto físico, até mesmo para um arquivo digital, e dizer: “este é um bitcoin”. Em vez disso, só há registros de transações entre diferentes endereços, com saldos que aumentam e diminuem. Todas as transações que já ocorreram são armazenadas em um grande livro geral de contabilidade chamado block chain (corrente de blocos). Se você quer trabalhar o equilíbrio de qualquer endereço bitcoin, a informação não está armazenada nesse endereço; você deve reconstruí-la olhando na corrente de blocos.
Com o que se parece uma transação?
Se Alice manda alguns bitcoins para Bob, essa transação terá três pedaços de informação:
Como é feito o envio?
Para enviar bitcoins, você precisa de duas coisas: um endereço bitcoin, e uma chave pessoal. Um endereço bitcoin não é como uma conta de banco; você não precisa de montanhas de papelada e RG para abrir uma. Na verdade, eles são gerados aleatoriamente e são simplesmente sequências de letras e números. A chave pessoal é outra sequência de letras e números, porém, diferente do seu endereço bitcoin, este é mantido em segredo. Pense no seu endereço bitcoin como uma caixa de depósito segura com um vidro na frente. Todos sabem o que está dentro dela, mas somente uma chave pessoal pode abri-la para tirar ou colocar coisas. Quando Alice quer enviar bitcoins para o Bob, ela usa sua chave pessoal para enviar uma mensagem com a entrada, quantidade e saída (endereço do Bob). Ela então o envia de sua carteira de Bitcoin para uma rede bitcoin mais ampla. De lá, os minerados de bitcoin verificam a transação, colocando ela em um bloco de transação e eventualmente resolvendo-o.
Por que às vezes eu tenho de esperar minha transação ser compensada?
Por sua transação ter de ser verificada por mineradores, você às vezes é forçado a esperar até que eles terminem de minerar. O protocolo Bitcoin é definido de modo que cada bloco leva certa de 10 minutos para ser minerado. Alguns comerciantes podem fazer com que você espere até o bloco ser confirmado, o que significa que você pode tomar um copo de café e voltar depois de um tempo antes de poder fazer o download dos produtos digitais ou para usufruir de um serviço pelo qual você pagou. Por outro lado, alguns comerciantes não irão lhe fazer esperar pela confirmação da transação. Eles efetivamente confiam em você, presumindo que você não tentará gastar os mesmos bitcoins em algum outro lugar antes da transação ser confirmada. Isso acontece frequentemente para transações de baixo valor, onde o risco de fraude não é tão grande.
E se as quantias de entrada e a saída não baterem?
Pelos bitcoins só existirem como registros de transações, você pode acabar com muitas transações diferentes vinculadas a um único endereço bitcoin. Talvez Jane enviou para Alice dois bitcoins, Filipe enviou para ela três bitcoins, e Eva a enviou um único bitcoin, todos como transações distintas em momentos distintos. Eles não são automaticamente combinados na carteira de Alice fazendo um único arquivo com seis bitcoins. Eles simplesmente estão lá como registros de diferentes transações.
Quando Alice quer enviar bitcoins para Bob, sua carteira vai tentar usar registros de transação com diferentes valores que somam o número de bitcoins que ela quer enviar para Bob.
Há a possibilidade de que, quando Alice quer enviar para Bob bitcoins, ela não tenha exatamente o número certo de bitcoins de outra transação. Talvez ela queira enviar 1,5 bitcoins para Bob. Nenhuma das transações que ela tem em seu endereço bitcoin é desse valor, e nenhuma delas produzem aquele montante se forem combinados. Alice não pode simplesmente dividir uma transação em menores montantes. Você pode apenas gastar todo o resultado de uma transação, mas não quebrá-la em pedaços menores. Ao invés disso, ela terá de enviar uma das transações de entrada, e então o resto dos bitcoins vão retornar para ela como troco. Alice envia dois bitcoins que ela recebeu de Jane para Bob. Jane é a entrada e Bob é a saída. Mas a quantidade é de apenas 1,5 bitcoins, porque isso é tudo o que ela quer enviar. Então, a carteira dela cria automaticamente duas saídas para sua transação: 1,5 bitcoins para Bob, e 0,5 bitcoins para um novo endereço, que foi criado para Alice esperar pelo troco de Bob.
Há alguma taxa de transação?
Às vezes, mas não sempre. Taxas de transação são calculadas baseadas em vários fatores. Algumas carteiras permitem que você defina taxas de transação manualmente. Qualquer parte de uma transação que não é captada por um receptor ou devolvida como troco é considerada como taxa. Ela vai para o minerador sortudo o suficiente para resolver este bloco de transação como uma recompensa extra.
Agora mesmo, muitos mineradores tratam de transações sem taxas. Na medida em que os blocos de recompensa para bitcoins diminuem, isso se tornará cada vez menos comum
Eu posso ter um recibo?
O Bitcoin não foi feito para ter recibos. Entretanto existem mudanças (http://www.coindesk.com/bitcoin-developer-jeff-garzik-on-altcoins-asics-and-bitcoin-usability/) que ocorrerão na versão 0.9 que vão alterar a maneira como os pagamentos ocorrem, tornado eles mais maduros e amigáveis para os usuários. Empresas que fazem processamento de pagamentos como o BitPay também fornecem recursos que você normalmente não teria em uma transação de bitcoin nativa, assim como recibos e páginas de confirmação de pagamento.
E se eu apenas quiser mandar parte de um bitcoin?
Transações em bitcoins são divisíveis. Um satoshi é um milionésimo de um bitcoin, e é possível enviar uma transação tão pequena quanto 5430 satoshis na rede bitcoin.
Fonte: http://www.coindesk.com/information/how-do-bitcoin-transactions-work/ Traduzido por: Sarah Alexandre e Brasi Bitcoin
submitted by allex2501 to BrasilBitcoin [link] [comments]

Diretório Bitcoin

Comércio Local
Há uma grande variedade de formas de comprar bitcoins em sua região. O localbitcoins.com pode ser um bom lugar para começar, se você apenas quer conseguir rapidamente algumas bitcoins com sua moeda local. O site pode oferecer uma gama de formas de comprar e vender bitcoins localmente, mas como sempre, eles podem variar em confiabilidade. Se você tiver medo, usar um mercado Bitcoin ou serviço de carteira web pode ser melhor.
Mercados Bitcoin
Uma mercado bitcoin permite comprar e vender Bitcoin na sua moeda local, bem como utilizar uma vasta gama de outros serviços de transação e especulação para os entusiastas mais avançados, comerciantes e investidores. Devido aos regulamentos de segurança e governamentais relativas à lavagem de dinheiro, há um curto processo de verificação de conta que os novos usuários são obrigados a participar para a maioria dos mercados.
Por que usar um mercado bitcoin? Seus Bitcoins estão seguros com uma troca confiável e estabelecida, e você pode acessar recursos comerciais mais avançados. No entanto, as trocas estão sujeitas a uma maior regulamentação do governo e leis sobre Bitcoin ainda não foram esclarecidas na maioria dos mercados. E verificação de conta significa menos privacidade de conta.
MtGox
Bitstamp
BTC China
BTC-e
Bitcoin.de
CampBX
VirtEx
Bitcurex
Carteiras Web
Uma carteira bitcoin web é uma ferramenta que permite que você envie e receba bitcoins. Enquanto alguns têm recursos mais avançados, eles não vão muito além de trocas bitcoin e são concebidos como uma forma de enviar, receber e gerenciar Bitcoins assim como uma conta bancária. Isto também significa que você deve escolher a sua carteira web como você escolher o seu banco.
Por que usar uma carteira Web? Ao contrário de carteiras de desktop, como a carteira está online você não precisa baixar o blockchain localmente, liberando espaço e energia da CPU em seu PC. No entanto, é importante manter-se atualizado com o serviço de sua carteira para ter certeza de que eles estão operando de forma legítima. A grande maioria age, mas é importante estar atento.
Carteiras de Desktop
Um carteira de desktop pode ser uma maneira mais segura de armazenar seus bitcoins do que uma carteira web porque a carteira é armazenada em seu próprio computador. Você pode enviar, receber e armazenar seus Bitcoins como uma carteira online. Uma carteira de desktop também pode ser criptografada, com cópia para vários dispositivos (como pen drives), e com backup de segurança. Por que usar uma Carteira Desktop? Mais controle e privacidade na gestão de seus fundos. No entanto, você deve baixar e atualizar continuamente o blockchain para realizar transações, o que pode ocupar um monte de espaço em disco e poder de CPU, para não mencionar um longo tempo para download.
Bitcoin-Qt é o cliente Bitcoin original e constrói a espinha dorsal da rede. Ele oferece os mais altos níveis de segurança, privacidade e estabilidade. No entanto, tem menos recursos e é preciso uma grande quantidade de espaço e memória.
Visite o Bitcoin QT
Multibit é um cliente leve que se concentra em ser fácil e rápido de usar. Ele se sincroniza com a rede e está pronto para uso em poucos minutos. Multibit também suporta várias línguas. É uma boa escolha para usuários não técnicos.
Dê uma olhada no Multibit
Armory é um cliente avançado Bitcoin que é executado sobre o Bitcoin-Qt. Expandindo suas características para usuários avançados Bitcoin. Ele oferece muitos recursos de backup e criptografia, e permite armazenamento seguro em computadores offline.
Vá para a Armory
O foco da Electrum é a velocidade e simplicidade, com baixo consumo de recursos. Ele usa servidores remotos que lidam com as partes mais complicadas do sistema Bitcoin, e permite-lhe recuperar a sua carteira a partir de uma frase secreta.
Visite Electrum
Mobile Wallets
Mobile wallets permitem que você carregue seus bitcoins com você no seu bolso. Você pode trocar moedas com facilidade e pagar em lojas físicas por digitalização de um código QR ou usando a tecnologia NFC para realizar pagamentos. Por que usar um Mobile Wallet? Pela facilidade de uso ao fazer pagamentos em lojas físicas, carteiras móveis são a melhor opção. No entanto, elas não são inerentemente muito seguras, então use com cuidado.
O Bitcoin Wallet é um cliente móvel leve para Android e BlackBerry OS. Este cliente não necessita estar associado com qualquer serviço on-line para trabalhar. Ele é compatível com digitalização de código QR e tecnologia NFC.
Faça uma Bitcoin Wallet
Blockchain.info é uma carteira híbrida web para celulares. Ele também está disponível para iPhone em um modo restrito para atender às políticas de segurança da Apple. Ele inclui muitas características do blockchain.info como o backup de carteira web.
Vá para o Blockchain.info
Coinbase é um serviço de carteira web que visa ser o mais fácil de usar. Ele também fornece um aplicativo Android Ed carteira web, ferramentas de comércio e integração com contas bancárias nos EUA para comprar e vender bitcoins.
Experimente o Coinbase
.
Ferramentas Úteis
Um dos melhores aplicativos do iPhone sobre cotações de preços BTC, simples e limpo. Download Zeroblock
Um aplicativo web simples que permite que você veja a taxa de câmbio do Bitcoin e converta qualquer quantia de ou para a moeda de sua preferência. Visite o preev.com
Mineração Bitcoin
A um nível técnico, mineração do Bitcoin é tão simples como executar um software de mineração em uma variedade de dispositivos, a partir de seu telefone celular para hardwares caros e com dedicação exclusiva. Uma mineração Bitcoin mais séria é feita por mining pools, com grupos de pessoas que unem seu poder de hardware para aumentar a velocidade com que eles podem minerar.
O software apenas resolve problemas matemáticos cada vez mais complexos, que é o mecanismo para aumentar o número de Bitcoins em circulação. Mineração de Bitcoin é uma parte essencial do sistema do Bitcoin, mas certamente não é o seu bilhete premiado para ficar rico da noite para o dia.
Segurança
Enquanto o Bitcoin é uma moeda respeitável e descentralizada, cabe a você manter seus Bitcoins seguros, especialmente pelo fato de transações do Bitcoin serem de caráter não reembolsável. Se isso soa assustador, não se preocupe - esses guias e sites irão lançar alguma luz sobre a segurança carteira e aprofundar um pouco mais sobre as técnicas utilizadas para manter o Bitcoin blockchain seguro.
Bitcoin Security
Wallet Security
Soluções Comerciais
Tradução por: Sarah Alexandre
Original em: http://www.bitcoins.com/directory
submitted by sa_rah to BrasilBitcoin [link] [comments]

Trent Micro aponta duas variações de roubo de Bitcoin

A Trent Micro, especializada em soluções de segurança na era da nuvem, destaca duas novas variações de ataque de ameça BitCrypt. Os novos golpes combinam a característica ransomware do BitCrypt com o roubo de fundos de várias carteiras de criptomoedas, como o Bitcoin.
A primeira variante, nomeada TROJ_CRIBIT.A, acrescenta a extensão ".bitcrypt" a quaisquer arquivos criptografados e utiliza bilhete de resgate somente em inglês. A segunda variante, TROJ_CRIBIT.B, anexa a extensão ".bitcrypt 2" e usa um bilhete de resgate multilíngue com 10 línguas inclusas que aparecem na seguinte ordem: inglês, francês, alemão, russo, italiano, espanhol, português, japonês, chinês e árabe.
Além de anexar a extensão ".bitcrypt 2" e apresentar o bilhete, o TROJ_CRIBIT.B muda o papel de parede para um fundo preto sólido, com o texto em branco notificando o usuário de seu atual problema. Para tornar a análise mais difícil, este ransomware não deixa uma cópia de si mesmo no sistema, tornando difícil adquirir uma cópia para estudo de comportamento e identificação do vetor de infecção.
A Trend Micro descobriu uma variante do FAREIT, malware que rouba informação – trata-se do TSPY_FAREIT.BB, que faz o download do TROJ_CRIBIT.B. Essa variação também possui a capacidade de roubar informações de várias carteiras Bitcoin por meio da tentativa de extrair informações a partir dos arquivos wallet.dat (Bitcoin), electrum.dat (Electrum) e .wallet (MultiBit).
Como com o CryptoLocker, os usuários são encaminhados para um site com aparência profissional com o objetivo de desbloquearem seus arquivos. O site é, na verdade, parte da Deep Web, uma vez que só é acessível se for utilizado o navegador Tor. No entanto, os criminosos têm cuidadosamente fornecido um link para o Tor2Web, um serviço que permite aos usuários visitar sites na Deep Web sem usar o Tor. Eles são requisitados a usar o ID BitCrypt encontrado no bilhete de resgate.
Após fazer o login, o usuário é direcionado para a página inicial do BitCrypt, que se descreve como Bitcrypt Software Inc. e fornece ao usuário instruções sobre como recuperar seus dados. Ao mesmo tempo, contudo, é apresentada uma demanda de pagamento de 0,4 BTC – isso, em valores atuais, pode ser convertido em cerca de 240 dólares. Os cibercriminosos até mesmo incluem uma página de FAQ em seu site.
FONTE ultimoinstante
submitted by allex2501 to BrasilBitcoin [link] [comments]

O dinheiro do Futuro *Super Interessante

O dinheiro do futuroNada de euro, dólar ou bolsa. O fato econômico de 2011 que será lembrado daqui a 200 anos talvez seja outro: a crise do bitcoin, a moeda virtual sem pátria que causou uma febre financeira. E que pode mudar o mundo por Cristine Kist Pousadas na Itália, restaurantes em Nova York, voos de parapente na Croácia e calcinhas usadas em vários países (tem gosto pra tudo): todas essas coisas podem ser compradas com bitcoins, espécie de moeda virtual aceita por centenas de estabelecimentos do mundo todo. E como o euro só vale para fazer compras na União Europeia e a nakfa só é aceita nos armazéns da Eritreia, o bitcoin cria uma ideia relativamente inédita de país sem fronteiras.
Uma moeda (qualquer moeda, digital ou de latão) só tem valor se as pessoas confiarem nela. Se todo mundo acredita que um pedaço de papel azul estampado com um peixe da família dos serranídeos vale R$ 100, então vale. Tradicionalmente, é o Estado o responsável por criar, implantar e assegurar a validade das moedas (o que é feito principalmente pela cobrança de impostos, que só podem ser pagos com a moeda oficial). Depois, o dinheiro é repassado aos bancos, e, só então, às pessoas e às empresas.
Pois que um grupo de nerds ligeiramente descontentes com esse sistema resolveu criar um outro, que anulasse integralmente a interferência dos bancos e governos. "Eu simplesmente gosto da ideia de um sistema monetário descentralizado, que não é controlado por burocratas, banqueiros ou políticos", explica o líder do projeto de desenvolvimento do bitcoin, Gavin Andresen. Para fazer isso, eles desenvolveram uma economia completamente virtual. É como se todo o sistema monetário ficasse restrito às transações feitas por home banking: o dinheiro é transferido de uma conta para outra e nós sabemos que ele foi transferido porque os números da nossa conta ficaram maiores ou menores. Não precisamos ter contato com nenhuma pilha de notas de R$ 100 para acreditar que a transferência foi feita de fato.
O conceito do bitcoin foi criado no final de 2008 por um obscuro programador identificado apenas como Satoshi Nakamoto, nome tão comum no Japão quanto João da Silva é no Brasil (e, por isso mesmo, acredita-se que esse não seja o real nome dele - ou dela). A ideia era permitir transações financeiras diretamente entre duas pessoas, sem a necessidade da intermediação de um banco ou de um sistema de pagamento online, como o PayPal. Isso resultaria primeiramente em taxas mais baratas, já que, quando um banco calcula sua tarifa sobre transferências, ele já prevê a cobertura das fraudes consideradas inevitáveis (e aí os bons clientes pagam mais para compensar os maus). Além disso, também seriam eliminados todos os custos relativos à impressão, transporte e distribuição do dinheiro físico.
Funciona assim
Para ter acesso aos bitcoins, é necessário fazer o download de uma espécie de carteira digital. Ela cumpre o papel de conta corrente. As primeiras moedas geralmente são adquiridas nas casas de câmbio virtuais, sites que trocam bitcoins por dinheiro tradicional. Depois, se Fulano quiser comprar alguma coisa que Beltrano esteja vendendo em troca de bitcoins, passa suas moedas para a carteira digital dele. É como uma transferência entre contas. Cada conta tem um endereço (na forma de uma sequência de letras e números). Se eu vendo uma bicicleta para você por bitcoins, você entra na sua carteira digital (a que instalou no seu computador), digita o endereço da minha (já que eu também baixei o programa) e faz o depósito. Pronto. Se um site de comércio eletrônico aceita bitcoins como pagamento, por exemplo, vai estar lá o endereço da carteira digital dele. Simples.
Essa foi a parte básica do nosso tutorial. Agora vamos entrar um pouco na avançada. Para funcionar como moeda, o bitcoin precisa obedecer a dois critérios básicos. O primeiro é ser algo que muita gente queira. Bom, como não faltou quem gostasse da ideia de brincar com uma moeda que não tem governo nenhum por trás, esse critério foi atendido. Começaram a aparecer pessoas vendendo produtos reais em troca de bitcoins, só pela graça de possuir bitcoins.
Agora, o critério 2: uma moeda precisa ser mantida como um recurso relativamente escasso. Só assim ela mantém seu valor. O ouro, por exemplo, é escasso. E por isso mesmo "vale ouro". É isso que o bitcoin quer valer. Como? Mantendo-se como um recurso escasso, ué.
O sistema por trás do bitcoin prevê que o máximo de moeda circulando será de 21 milhões de unidades (por enquanto, existem cerca de 7 milhões - o equivalente a pouco mais de US$ 30 milhões). Os responsáveis por colocar moeda nova no mercado são os usuários que cedem a capacidade de seus computadores via internet para manter o sistema funcionando. Na prática, o sistema fabrica dinheiro novo e distribui para esses usuários. Por enquanto, eles ganham, juntos, até 50 bitcoins (BTCs, pela sigla oficial) de 10 em 10 minutos, mas essa quantia irá diminuindo gradativamente até bater em zero (o que deve acontecer por volta de 2035). Essa foi a forma encontrada para controlar a inflação, manter o valor da moeda estável. Deu certo.
Sobe
Na época do lançamento, 1 BTC equivalia a poucos centavos de dólar. Em junho deste ano, chegou a valer US$ 30 - uma valorização de (pausa dramática) quase 30 000%. Quem tinha comprado US$ 1 em bitcoins agora podia vender a mesma quantidade de BTCs por US$ 3 mil. Apesar de ter saído do papel ainda em 2009, foi apenas durante um discurso feito nesse ano que a moeda ganhou notoriedade. No início de junho, o senador americano Charles Schumer foi ao Congresso dizer que bitcoins estavam sendo usados para a compra de drogas. Mas, com seu depoimento, ele apenas chamou mais a atenção para o assunto (poucos meses antes, o mesmo Schumer resolveu pedir ao Congresso que proibisse o Fuzz Alert, um aplicativo para smartphone que avisava os motoristas da presença de controladores de velocidade. O número de downloads duplicou em poucos dias).
"Logo depois que ele falou (ainda que mal) sobre o bitcoin, muitas pessoas começaram a comprar por curiosidade nos Estados Unidos, aí o preço subiu e juntou um monte de gente pra minerar", explica Leandro César, administrador e um dos principais fomentadores da moeda no Brasil. Na segunda-feira, 6 de junho, um dia depois do discurso de Schumer, 1 BTC valia US$ 8. Quando o mercado abriu na manhã de sexta, dia 10, já valia US$ 28. Uma valorização de 250% em uma semana. Isso se a semana encerrasse na sexta de manhã, claro.
Desce
Ao meio-dia dessa mesma sexta-feira, 1 BTC inexplicavelmente passou a valer apenas US$ 20. "Como tinha muita gente minerando, o mercado ficou cheio de bitcoins, então os preços caíram e os especuladores saíram correndo para vender", conta César. Ele explica que o fato de o sistema ser automatizado não garante estabilidade: "Ninguém prevê a demanda, só a oferta. Ainda que só saia um bloco de 50 BTCs a cada 10 minutos, se um site de câmbio muito importante for invadido, a demanda pela moeda pode cair bruscamente".
O exemplo do site invadido não foi escolhido por acaso. Exatamente duas semanas depois da manifestação de Schumer, um auditor da MT Gox, o maior site de troca de bitcoins por dinheiro (existem vários), teve seu computador invadido. Os hackers tiveram acesso aos dados de mais de 60 mil contas, escolheram uma das mais polpudas e tentaram vender tudo que tinha nela. Foram impedidos porque havia um limite de 1 000 BTCs por dia, mas mesmo essa venda fez com que o valor da moeda despencasse de US$ 17,50 para alguns centavos. Como apenas uma conta tinha sido comprometida, a MT Gox conseguiu anular todas as transações feitas depois do ataque e restaurou o preço de US$ 17,50.
A principal crítica feita ao sistema era que, se alguma coisa acontecesse com o dinheiro dos usuários (e muitas coisas estavam acontecendo), eles não teriam a quem recorrer. Pois que no final de julho uma falha no sistema fez com que outro site de trocas, o Bitomat, perdesse todos os bitcoins dos seus usuários. Evaporaram 17 mil BTCs, ou US$ 220 mil. Era a prova prática de que os críticos tinham razão: não havia a quem pedir socorro. "Quando isso aconteceu, achei que ia acabar tudo", lembra Leandro. Quase acabou: o valor dos bitcoins caiu a praticamente zero. O mercado estava congelado.
E agora?
Surpreendentemente, a MT Gox, aquela mesma que tinha sofrido com ataques cerca de um mês antes, resolveu incorporar a Bitomat e indenizou todos os prejudicados. Mas mesmo essa intervenção não elevou o bitcoin ao patamar dos bons tempos - até o fechamento desta edição 1 BTC flutuva entre US$ 4 e US$ 5. "O valor do bitcoin hoje depende muito de o quão confiantes os especuladores estão de que a moeda se confirme como um meio importante de pagar por coisas no futuro. Isso faz com que esse valor seja muito volátil, e isso é ruim porque um preço volátil torna difícil que os comerciantes aceitem a moeda como pagamento", explica Andersen. Mesmo assim, hoje centenas de estabelecimentos aceitam bitcoins - a grande maioria sites de comércio eletrônico, mas que vendem de tudo.
Andersen, porém, não tem ambições muito maiores para a moeda. "Eu gostaria que o bitcoin ficasse `chato¿ - só um outro jeito de pagar por coisas online e que fosse tão fácil de usar quanto um cartão de crédito ou o PayPal são hoje", completa. Isso significa, basicamente, que o bitcoin até pode continuar existindo como método de pagamento alternativo ao dinheiro, mas nunca chegará a substituí-lo. A opinião vai ao encontro do que pensa Leandro César: "Não acredito que ele vá tomar o lugar do dinheiro tradicional. Deve se tornar uma moeda B, não uma moeda A".
Mas que ninguém duvide do BTC - ou da próxima moeda "de brinquedo" que aparecer. Quando se trata de futurologia em economia, convém não acreditar em todas as previsões. Ainda em 1999, o antropólogo Weatherford destilava seu pessimismo em relação a um certo sistema "ilusório" de transferências: "O conceito largamente debatido de o indivíduo realizar transações financeiras pelo computador doméstico usando linhas telefônicas demonstrou ser muito mais ilusório do que os tecnófilos e futuristas haviam previsto". É. Às vezes os futuristas acertam.
Fonte Super Interessante
submitted by allex2501 to BrasilBitcoin [link] [comments]

Como Bitcoin Funciona

Pessoal, eu DanielBTC o alex2501 e o DarkHyudrA traduzimos um texto bem simples para iniciantes e fizemos algumas adaptações e facilitamos mais ainda algumas coisas também, esperamos que seja proveitoso para todos:
Como o Bitcoin Funciona
Esse texto foi escrito pois eu acredito que uma base de usuários bem informados é a chave do sucesso para o Bitcoin.
Um resumo da estória:
O usuário João cria uma transação declarando: "Eu dou a Maria 10 BTC". (mas em protocolo Bitcoin). Essa transação é assinada digitalmente com a chave privada que cada endereço possui e não pode ser forjado Os mineradores garantem que a transação é válida, gravam isso e distribuem por toda a rede. Maria verifica o seu saldo. João não pode enganar o sistema por que todo mundo na rede pode checar sua autenticidade e imediatamente recusar a transação falsa com gastos duplicados(double spending) ou fundos que não existiam antes.
Você pode começar a usar o Bitcoin em questão de segundos, embora esse seja um processo simples, é extremamente recomendado que você aprenda sobre como ele funciona e o que acontece com suas moedas quando você inicia uma transação qualquer. Com o Bitcoin é você que controla o seu dinheiro, e você precisa tomar conta dele responsavelmente.
O texto a seguir é um simples guia que introduzirá você à natureza da rede Bitcoin e explicará de forma clara o que acontece durante uma simples transação
A estória de João e Maria
Era uma vez um usuário chamado João que gostaria de enviar à sua amiga Maria alguns Bitcoins. Ele sabia que Maria precisava de 10BTC e então decidiu enviá-los para ela. João conseguiu uma carteira Bitcoin com alguns bitcoins de saldo e antes de clicar em Enviar se perguntou, onde os seus bitcoin estão armazenados. "O bitcoin é um arquivo no meu computador? Ou um número de serial talvez?" João rapidamente notou que isso poderia ser muito ineficiente. O que aconteceria se alguem estivesse espiando sua conexão e interceptasse esses arquivos? E o que aconteceria se a conexão caísse?
O jeito que o Bitcoin Funciona é Simples e elegante
Quando João envia para Maria 10 Bitcoins, o que realmente está acontecendo é uma assinatura digital de um declaração de pagamento. Na linguagem humana isso se parece com isso: “Eu, João, envio a quantia de 10BTC para Maria” Com certeza, João está também, preocupado que alguem pode forjar essa declaração em seu nome. Ele também sabe que Bitcoins são impossíveis de forjar. Então, como exatamente eles são protegidos? Essas declarações são protegidas por um mecanismo chamado “Assinatura Digital”. É uma implementação de cálculos matemáticos e criptografia fortissima, que garante que somente o dono pode produzir uma assinatura válida. Senão, a assinatura poderia ser invalidada e a transação rejeitada por qualquer um.
Assinaturas digitais
Você provavelmente já sabe que para receber e enviar bitcoin você precisa de um endereço Bitcoin. Da mesma forma que o e-mail. E como em um e-mail, você precisa de uma senha para conseguir enviar e receber bitcoins. Endereços Bitcoin são gerados usando matemática e eles podem ser gerados de uma forma decentralizada. Você não precisa de logar-se em lugar algum serviço nem precisa ficar online. Você simplesmente precisa de um programa para gerar esses endereços. Um endereço bitcoin, como uma conta de e-mail, é feita de duas coisas diferentes:
A parte publica - Permite a qualquer um te enviar bitcoins.
A chave privada - Isso é o que a maioria dos usuarios não sabe, cada endereço tem sua única Chave Privada (private key). A maioria dos programas de Bitcoin não lhe dizem sobre isso e eles mantém escondido do usuário, basicamente porque é muito importante que APENAS você tenha acesso a esta chave e mostrar por aí não é uma boa ideia.
Essa chave é usada para assinar digitalmente e garantir que apenas o dono da chave pode emitir uma transação válida e assim gastar os bitcoins.
De volta a Maria e João
Assim que a carteira bitcoin do João assinou essa transação, ele envia através da rede P2P(ponto a ponto) do Bitcoin. Todas as pessoas que usam o Bitcoin e estão rodando um cliente do Bitcoin, estão conectados uns aos outros para receber estas “declarações”. A transação de João é transmitida de nó a nó. Esses nós verificam que a assinatura é válida e passam até que, numa fração de segundo, maria recebe a notificação pelo seu programa Bitcoin que ela recebeu os bitcoins vindos de João! “Legal!” a Maria pensa. Mas ao mesmo tempo ela está preocupada com outra coisa. A Maria sabe como a rede do Bitcoin funciona e mede se é possível o João suprir esta quantia. Ela sabe que João que lhe enviou o dinheiro por que a sua assinatura bate. Mas o que impediria João de escrever qualquer valor que ele quisesse? E se João dissesse, “Eu tenho um cazilhão de Bitcoins e estou enviando para Maria?”. Enquanto Maria continuava pensando sobre isso ela não sabia que a transação que lhe fora enviada ainda estava perambulando pela rede e tinha um desafio muito grande para enfrentar...
Conhecendo o minerador Thiago
Enquanto a transação continua indo de conexão (nodes) em conexão (nodes) na rede do Bitcoin, ela também irá chegar a essa pessoa que está em um jogo único: um estilo de jogo de corrida contra o tempo. Thiago e muitos outros que participam deste mesmo “jogo” são chamados de mineradores. O objetivo de Thiago é reunir todas as transações e publicar elas em um tipo de livro de registros. No fim de garantir a natureza aberta e descentralizada do Bitcoin, isso deve ser feito de uma forma bem específica.
O minerador Thiago e outros mineradores estão rodando um programa no seus computadores que ajudam a resolver problemas matemáticos. Imagine um grande e complexo cubo mágico que demoraria muito tempo para ser resolvido. Thiago sabe que apenas o minerador que encontrar a solução para o cubo mágico é autorizado a publicar o próximo bloco deste livro de registros que contém todas as transações reunidas.
Todos os mineradores estão competindo entre si porque eles querem ser o primeiro a resolver o problema, publicar as transações e receber Bitcoins como recompensa. (Mais do que um jogo, isso é um trabalho).
Para que João possa ter 10 BTC em primeiro lugar, ele precisa ter obtido previamente de alguém. Thiago verifica a parte do livro de registros que já foi publicada previamente por outros mineradores e certifica de que a transação está ali, registrada em algum lugar. Isso diz que João tinha 10 BTC em primeiro lugar e então foi autorizado a gastar. Então ele apenas espera que, com um pouco de sorte, o seu programa foi o primeiro a achar a solução. Adivinhe só? Hoje é o dia de sorte de Thiago! Ele acha a solução e imediatamente publica todas as transações que ele coletou. O resto da rede verifica que a solução é correta e assistem perplexos enquanto Thiago recebe a recompensa. Mas não há tempo a perder porque novas transações nunca param de chegar e novos blocos deste livro de registros sempre estão a espera de serem publicados.
O BlockChain
O famoso blockchain, ou, cadeia de blocos. É chamado de cadeia, por que todos os blocos dependem do anterior. Eles são protegidos por uma função criptográfica chamada de hash. E se alguem decidir alterar maliciosamente um bloco anterior e adicionar ele mesmo dezenas de bitcoins? Felizmente isso é impossível. Se alguem alterar um único digito, caracter ou bit de uma cadeia de blocos, todos os blocos seguintes serão eliminados e invalidados.
Note também que nem mesmo o minerador Thiago pode alterar maliciosamente a transação de João por que a assinatura digital não vai bater se for adulterada. A abertura, transparência e natureza decentralizada do Bitcoin, juntas com o uso mecanismos de proteção, criam uma sólida, forte e confiável rede Bitcoin que ninguém pode enganar;
De volta para Maria
Assim que o minerador Thiago publicar o próximo bloco na blockchain, esse será redistribuído em toda a rede até chegar à Maria. Uma vez que Maria pegou essa transação, sua carteira bitcoin verificará se ela contém alguma transação em que Maria está envolvida, e como esse é o caso, informará Maria que sua transação foi confirmada e agora é uma parte permanente da rede Bitcoin (para todo o sempre). As transações que são incluídas na blockchain recebem uma confirmação. Note que Maria não precisa estar online para receber seus Bitcoins. Ela pode estar offline por horas, dias, anos e ainda sim, receber bitcoin sem problemas. Assim que ela ficar online, seu programa vai baixar os últimos blocos na blockchain e informá-la que recebeu transações de entrada. Atualmente, a única coisa que Maria não precisa saber é sua chave privada. Ela pode ainda manter essa chave privada impressa em um pedaço de papel (paper wallet) e receber bitcoin ao mesmo tempo.
Uma vez que ela queira vendê-las ela vai importar essas chaves privadas para o programa de carteira Bitcoin e o programa lerá o blockchain para informá-la sobre o seu balanço. Com essa chave privada ela poderá assinar digitalmente uma transação onde ela queira gastar seus bitcoins.
Dê uma olhada em http://www.bitaddress.org . Esse é um gerador de endereços bitcoin que permite você criar e ver sua chave privada.
Sobre a segurança do Bitcoin
Como vocês podem ver, Bitcoin é extremamente seguro e absolutamente ninguém que não saiba sua chave privada para o endereço bitcoin (chave publica) vai conseguir gastar seus bitcoins sem autorização.
Você é o dono dos seus bitcoin, é de sua inteira responsabilidade manter suas chaves privadas para suas moedas a salvo. Muitos software de carteira bitcoin como o bitcoin-qt, vão criptografar suas chaves usando uma senha que você definir. (não esqueça essa senha!). Isto é extremamente recomendado. Também esteja certo que seu computador esta livre de keyloggers, trojas e qualquer tipo de vírus ou malware. Se você guarda grandes quantidade de moedas, você pode considerar usar uma carteira em papel (paper wallet), e nenhum vírus no mundo vai conseguir atacar essa sua carteira.
De onde vem a recompensa de Minerador Thiago?
Ele consegue taxas que as pessoas pagam voluntariamente incluídas em cada transação bitcoin. Por isso ele quer coletar e publicar o máximo de transações possíveis e ganhar e ganhar essas taxas incluídas nelas. Também por que cada vez que ele publica um bloco ele vai conseguir assinar o seu nome nesse novo bloco e ganhar 25 bitcoins novinhos em folha. Isso é como novos bitcoins entram em circulação e são injetados na economia de forma descentralizada. Essa recompensa diminui gradativamente até que os 21 milhões de bitcoins sejam colocados em circulação, que é o máximo de bitcoins que serão disponibilizados.
21 milhões de bitcoins são o bastante? Sim! Por que eles são divisíveis por oito casas decimais. Esse montante de divisibilidade garante que nunca faltarão bitcoins na economia.
Por que demora tanto para sincronizar minha carteira Bitcoin?
A primeira vez que voce roda a carteira bitcoin, ela ira necessariamente efetuar o download de toda a BlockChain afim de mantê-lo atualizado de todos os balanços de seus endereços. Se você não gostou disso, tudo bem, você pode optar por um cliente mais light. Existem várias carteiras Bitcoin que se conectar ao servidor para ler a blockchain e não precisa de baixar nada.
Traduzido por:
Se você gostou, mande uma doação pra gente. ;-)
Qualquer dúvida, correção ou sugestão será muito bem vinda!
Original: http://www.reddit.com/Bitcoin/comments/18kt6y/psa_to_new_users_due_to_reddit_gold_announcement/
submitted by allex2501 to BrasilBitcoin [link] [comments]

Tutorial Sobre Carteira Bitcoins Bitcoin QT PAPER WALLET BITCOIN - Como Criar Carteira de Papel Para Guardar BITCOINS! Melhor CARTEIRA BTC Coinbase - Bitcoin Wallet Ultra Safe - Bitcoin Paper Wallet COMO CRIAR CARTEIRA NO BLOCKCHAIN?

Bitcoin Core é um projeto livre e de código aberto, lançado sob a licença MIT. Verificar assinaturas de lançamento Faça o download do torrent. Código fonte Mostrar histórico da versão. O núcleo de bitcoin libera chaves de entrada. v0.8.6 - 0.9.2.1 v0.9.3 - 0.10.2 v0.11.0+ Ou escolha seu sistema operacional . Windows exe - zip. Mac OS X dmg - tar.gz. Linux (tgz) 64 bit. ARM Linux 64 ... Thanks for running the Bitcoin Gold Core wallet! You are running a fully validating node that becomes part of the BTG network, improving security for everyone, even if you don’t use it for your personal transactions. This is the current production release and is recommended for all users. Gitian-signed builds are available below; please be sure to check signatures and checksums. The primary ... Bitcoin Core is a community-driven free software project, released under the MIT license. Verify release signatures Download torrent Source code Show version history. Bitcoin Core Release Signing Keys v0.8.6 - 0.9.2.1 v0.9.3 - 0.10.2 v0.11.0+ Or choose your operating system. Windows exe - zip. Mac OS X dmg - tar.gz. Linux (tgz) 64 bit. ARM Linux 64 bit - 32 bit. Linux (Snap Store) Support ... Gateway About Downloads Developer Portal Ecosystem Community Blog Contacts. EN Languages. CN KR JP TW. Web Wallet. The easiest way to store your funds. Manage your money from any device 24/7 using our web wallet. Open Web Wallet. Mobile Wallet. Keep track and use your Bytecoin on the go. All of your finances at your fingertips with the Bytecoin Android Mobile App. Download From Google Play ... A carteira Bitcoin e um aplicativo 100% gratuito com uma interface limpa e simples. Faca o login com e-mail, Facebook, conta do Google ou seu numero de celular. Compartilhe seu endereco de carteira no Twitter, Facebook, e-mail, etc. Monitore seu saldo em moedas fiduciarias e graficos de precos para estar ciente das taxas de cambio. Excelente suporte O suporte ao cliente 24/7 da Carteira ...

[index] [41751] [23706] [12947] [4780] [48780] [44343] [48573] [32672] [14585] [50092]

Tutorial Sobre Carteira Bitcoins Bitcoin QT

Neste vídeo mostro como fazer para criar uma carteira de papel de Bitcoin da forma mais segura possível, e pra isso você vai precisar de um computador Deskto... Tutorial completo de como funciona o Blockchain, como criar carteira de bitcoin no Blockchain e comprar bitcoin, assista ao vídeo até o final, DICAS IMPORTAN... 📕 PAPER WALLET BITCOIN - Como Criar Carteira de Papel Para Guardar BITCOINS! Melhor CARTEIRA BTC 🔐 Melhor CARTEIRA BTC 🔐 Eu ganho dinheiro comprando criptomoedas, hoje são mais de 3000 ... Coinbase provides the purchase and sale of Bitcoins and security in their transfers and protection of their bitcoins. LINKS USED ON VIDEO CoinBase - https://goo.gl/Kxqpfn BITCOIN PORTFOLIO USED 1 ... mineraÇÃo bitcoin em nuvem (cloud mning) 100-250 gh/s grÁtis! - registre-se nesses sites eles mineram bitcoins para vocÊ grÁtis!: 1- http://cloudminr.io/?r=a...

#